0

Carrinho

Quando abrimos a porta da nova casa, em Outubro de 2019, imaginámos uma série de cenários – uns mais prósperos, outros mais difíceis – mas nunca nos passou pela cabeça atravessar um período tão inesperado e peculiar como o que vivemos neste momento.

Na quarta-feira, dia 11, tivemos a mesa cheia ao almoço. Já ouvíamos falar de restaurantes e outros negócios na área da restauração a passar um mau bocado, sobretudo no centro da cidade, devido aos receios que o novo coronavírus estava a causar nos turistas, levando ao cancelamento de muitas viagens. Até esse dia não notávamos qualquer diferença no nosso fluxo de visitantes. Mas isso mudou por completo de um dia para o outro. Na quinta-feira recebemos apenas uma pessoa para almoçar. E na sexta-feira fechámos a porta, assustados com o que aconteceria num futuro próximo.

Viemos para casa e entrámos imediatamente em modo sobrevivência. Lançámos os nossos vouchers, que foram uma primeira tábua de salvação, e pusemos mãos à obra para criar um novo site, mais apto para vender os nossos produtos. Foram duas semanas intensas, apesar do confinamento, e no dia 27 voltámos à acção – prontos para uma nova versão dos Kitchen Dates, dedicada ao takeaway e às entregas ao domicílio.

Neste processo, e por razões de saúde pública, tivemos de ceder na nossa recusa em utilizar recipientes tendencialmente não reutilizáveis. Algumas das opções à venda no nosso site são agora entregues em caixas de cartão, que na verdade até são compostáveis (num sistema de compostagem natural). E na cozinha tivemos de passar a usar rolos de papel para secagem e limpeza, por forma a minimizar os riscos de qualquer tipo de contaminação.

Felizmente, contámos também com contributos preciosos à nossa volta. Além da generosidade dos que já compraram os nossos vouchers, recebemos também outras ajudas – como no caso da EatTasty, que nos emprestou uma mochila para transportarmos as encomendas na nossa scooter.

Noutra linha, na semana passada fomos contactados pela Rude Health, que tinha stock de alguns dos seus produtos a aproximar-se do fim da validade e propôs-se oferecer-nos uma parte, sem qualquer expectativa de contrapartidas. Optámos por aceitar, em vez de deixar que comida em óptimo estado fosse para o lixo, e vamos incorporar alguns destes produtos na nossa oferta ao longo das próximas semanas – sabendo que a origem dos ingredientes não corresponde ao nosso raio normal de proximidade e que, sim, há embalagens pelo meio.

Fazemo-lo pois acreditamos que o impacto positivo desta decisão ultrapassa os aspectos menos positivos que possa acarretar. Em todo o caso, as opções nas quais utilizemos estes produtos estarão sempre devidamente assinaladas. Além disso, uma quantidade substancial deste stock será ainda doado a pessoas mais necessitadas à nossa volta.

Os tempos de crise são um teste à resiliência de todos nós. Prometemos manter-nos fiéis à nossa missão, e tentar ajudar todos quanto pudermos à nossa volta a atravessar esta fase. De uma coisa não duvides: estamos sempre aqui para ti.

Muito obrigado ?